Decorar banheiro em 2022 – Ideias

Para decorar o banheiro 2022, é interessante que você conheça as tendências para dar aquela valorizada no ambiente que é tão importante para a casa.

Segundo o site HomeIt, o que está sendo popularizado para 2022 na decoração do banheiro é o seguinte: 

  • Cores vibrantes: os azulejos coloridos estão em grande procura para quem quer inovar o ambiente, podendo até ser pastilhas ou papel de parede diferente.

Cores marcantes como amarelo, vermelho, azul e verde, por exemplo, são ótimas. Lembre-se de pensar na sensação que quer passar no ambiente antes de escolher a cor para seu banheiro.

  • Acessórios pretos: detalhes nessa tonalidade estão chamando a atenção pela sensação de modernidade. Pode ser na borda do espelho, da pia, do box, onde for. Se o banheiro for revestido de branco ou cinza, o resultado fica ainda mais lindo.

E nesses casos, nem precisa de muitas alterações porque é uma combinação incrível.

Além disso, os revestimentos geométricos e os papéis de parede diferenciados também são tendências para 2022.

Como ter cartão de crédito Americanas?

Quer ter um cartão de crédito Americanas? O processo é bem simples e nem precisa sair de casa, sabia? Tudo que precisa fazer é acessar o site oficial e solicitar.

De acordo com o site Direito2, a solicitação pode demorar até 5 dias úteis para ser respondida, ok? Caso preferir, pode ir até uma loja física e fazer o pedido do seu cartão presencialmente.

No site, tudo o que tem a fazer é digitar os dados solicitados. É possível acompanhar o processo até que ele seja finalizado. Você receberá um e-mail de validação posteriormente.

Assim como outros cartões, como o cartão Submarino, o cartão de crédito Americanas, têm menos restrições, por isso pode ser mais fácil de conseguir. Mas claro, ele analisa o seu score da mesma forma.

Comparando com outros cartões de crédito, o cartão Americanas tem anuidade menor – são 12x de R$ 13,08 e cartões adicionais são gratuitos para dependentes.

Porque o combustível está tão caro?

Chegar em um posto de gasolina hoje em dia é sempre uma surpresa, não é mesmo? Nunca sabemos com qual preço vamos nos deparar, uma vez que, o preço da gasolina tem passado por altos reajustes em um curto período de tempo.

 

Com um custo de vida cada vez mais alto está difícil para os brasileiros encaixarem mais esse aumento no orçamento.

 

O custo médio do litro da gasolina pelo país já chega a R$6,00. No entanto, nos estados do Rio Grande do Sul, Acre e Tocantins o valor ultrapassa os R$7,00. Esse custo elevado faz o Brasil inteiro questionar: Afinal de contas, por que o combustível está tão caro?

 

A verdade é que a razão para o preço do combustível estar tão caro deve-se a uma série de fatores. Dentre eles: a pandemia, a alta no valor do dólar, o valor do petróleo e, claro, a política. Confira!

 

Pandemia

Em 2020, com o início da pandemia de Covid-19, ocorreu a parada de inúmeras atividades,  o que fez com que o consumo do petróleo diminuísse em todo o mundo e o preço chegou a atingir um dos valores mais baixos de todos os tempos. Agora com a vacina e a retomada das atividades a demanda por combustíveis voltou a crescer, sendo assim  os produtores de petróleo aumentaram os preços.

 

Alta no valor do dólar

 

Os barris de petróleo são negociados em dólar, desta forma, a variação de câmbio é apontada como outra razão para a alta do valor do combustível por aqui. Além disso, o Real é uma das moedas que mais têm se desvalorizado no mundo no período da pandemia.

 

Antes da pandemia o valor do dólar era de cerca de R$ 4, hoje, o dólar segue em alta, o valor está em torno de  R$ 5,30.

Alta no valor do barril de petróleo

Como dito anteriormente, a retomada da rotina pós pandemia fez com que aumentasse a demanda pelo petróleo, esse fator somado com a alta do dólar fez com que o valor do barril de petróleo também sofresse uma alteração.

 

Alguns especialistas afirmam que esse aumento exagerado de preços por parte dos produtores de petróleo é uma forma de recuperar o tempo perdido com a parada das atividades causadas pela pandemia.

Cenário político

O cenário político atual também impacta no preço do combustível, uma vez que quase a metade do valor da gasolina se deve aos impostos. De acordo com  a ANP (Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis), os impostos representam  mais de 40% do preço da gasolina no país.

 

Infelizmente não existe uma previsão de quando o valor do combustível deve se estabilizar.